"Ora, os orcs são cruéis, malvados e perversos. Não fazem coisas bonitas, mas fazem muitas coisas engenhosas. Podem cavar túneis e minas tão bem quanto qualquer um, exceto os anões mais habilidosos, quando se dão ao trabalho, embora geralmente sejam desorganizados e sujos. Martelos, machados, espadas, punhais, picaretas, tenazes, além de instrumentos de tortura, eles fazem muito bem, ou mandam outras pessoas fazerem conforme o seu padrão, prisioneiros e escravos que têm de trabalhar até morrer por falta de ar e luz. Não é improvável que tenham inventado algumas das máquinas que desde então perturbam o mundo, especialmente os instrumentos engenhosos para matar um grande número de pessoas de uma só vez, pois sempre gostaram muito de rodas e e motores e explosões, como também de não trabalhar com as próprias mãos além do estritamente necessário; mas naqueles dias e naquelas regiões selvagens ainda não tinham avançado (como se diz) tanto."

(O Hobbit - Cap. IV - Pag. 62/63).


Primeiro Trailer de O Hobbit: A Desolação de Smaug - legendado.

                   

Dá vontade de ver, rever e rever outra vez! Resta apenas guardar a ansiedade e esperar o lançamento do filme em dezembro.

Trecho de O Hobbit, - JRR Tolkien.

                

- Aquela é A Montanha? - perguntou Bilbo numa voz solene, olhando para ela com os olhos esbugalhados. Nunca vira algo que parecera tão grande.

- Claro que não! - disse Balin. - Ali é apenas o começo das Montanhas Sombrias, e nós temos que achar um meio de atravessá-las, ou passar por cima ou por baixo delas… […]

- Oh! - disse Bilbo, e naquele mesmo momento sentiu o maior cansaço que lembrava já ter sentido. Estava mais uma vez pensando em sua confortável cadeira diante do fogo, na sala favorita de sua toca, e na chaleira cantando. Não pela última vez.


imageimage

É estranho, mas as coisas boas e os dias agradáveis são narrados depressa, e não há muito que ouvir sobre eles, enquanto as coisas desconfortáveis, palpitantes e até mesmo horríveis podem dar uma boa história e levar um bom tempo para contar. 

▬  O Hobbit, JRR Tolkien.

(Source: lerissakunzler)


image

❝ Eles começaram a sentir que toda aquela terra era irreal, e que estavam caminhando num sonho agourento, do qual nunca acordavam.

▬ A Sociedade do Anel - O Senhor dos Anéis. - JRR Tolkien.

(Source: lerissakunzler)


(Source: lerissakunzler)

(Source: lerissakunzler)

image

“É sempre assim o curso dos fatos que movem as rodas do mundo: as mãos pequenas os realizam porque precisam, enquanto os olhos dos grandes estão voltados para outros lugares.”

Elrond - O Senhor dos Anéis.

(Source: lerissakunzler)


(Source: lerissakunzler)

(…) Quanto mais avançarem, mais difícil será recuar; apesar disso não lhes é impingido qualquer juramento ou compromisso de continuar além do que estiverem dispostos. Pois vocês ainda não conhecem a força dos próprios corações, e não podem prever o que cada um encontrará na estrada.

Gimli: “Desonesto é aquele que diz adeus quando a estrada escurece”

Elrond: “Talvez, mas não jure que caminhará no escuro aquele que não viu o cair da noite.”

Gimli: “Ainda assim, o juramento feito pode fortalecer o coração que treme”

Elrond: “Ou destruí-lo”

(Trecho de A sociedade do Anel - O Senhor dos Anéis).


(Source: lerissakunzler)

"Vento ruim é aquele que não sopra a favor de ninguém, como eu sempre digo. E Bem está o que acaba Melhor!"
O Feitor.

The Hobbit Theme Song on Piano. - The Misty Mountains Music - Dwarf Song;

                          image

Quem já assistiu ‘O Hobbit: Uma Jornada Inesperada’ deve ter reparado, que como também nos filmes de O Senhor dos Anéis, O Hobbit tem uma trilha sonora bem marcante. Eu adoro trilhas sonoras de diversos filmes e essa do vídeo que estou postando hoje é uma das melhores de O Hobbit, encontrei no youtube. É tocada no piano, o tema dos anões. Ficou demais!

(Source: lerissakunzler)